Dica: O rímel secou, e agora?

Aquele seu rímel preferido ficou seco, e agora? Keep calm! Tem um truque super simples que vai salvar a textura do seu queridinho por mais algum tempo. Mas é bom lembrar: Ainda que a solução seja eficaz, o ideal é comprar um rímel novo, evitando a proliferação de bactérias que podem entrar em contato com o olho.

Untitled-1Máscara para cílios One by one (Maybelline) e colírio lufrificante (Systene UL)

Quando sentir que seu rímel secou, adicione 2 gotas de colírioou soro fisiológico – e agite bem, até o líquido e a máscara se fundirem. Se houver necessidade, adicione mais algumas gotas até atingir a textura pretendida. Procure não deixar o rímel muito aguado, dê preferência por uma textura mais encorpada, ou ele perderá a eficiência de deixar os cílios no lugar por mais tempo.

Lembrando: Essa dica vale para as máscaras de cílio normais. Nos ríméis à prova d’água, troque o colírio por gotas de óleo mineral.

Para evitar que o rímel volte a ressecar, limpe as bordas da embalagem com um papel úmido. Isso eliminará os resíduos que impedem o vedamento adequado do produto e facilitam a entrada de ar.

 

Anúncios

EA Games: The Sims 4

ts_hmpg1_BR
Se você, assim como eu, acompanha a franquia The Sims desde o início meio capenguinha, também estava ansioso para as novidades do The Sims 4. Disponível em 2014, a equipe responsável promete tornar o jogo acessível ao maior número de jogadores possível. Diminuindo os requisitos mínimos de hardware necessário, até os computadores mais simples poderão rodar a quarta edição do videogame. 

Os fãs especulavam que a nova versão do jogo poderia vir em plataforma online e se tornar interativo, eu nunca achei que isso seria uma vantagem. A conexão com a internet tornaria o modo simulação lento ao meu ver. No The Sims 4, haverá componentes online, mas o jogo principal foi feito para acontecer offline, como confirmou o site oficial. “Haverá diversão extra e elementos sociais para aqueles que decidirem jogar online”. Compartilhar conteúdo personalizado é algo que já acontece desde o The Sims 2, mas como a base do jogo é totalmente inédita, o conteúdo do The Sims 3 não poderá ser compartilhado com o The Sims 4. Bye bye casas lindas que eu me dediquei tanto para construir.

O novo design dos Sims foi uma coisa que me incomodou no primeiro momento, esse estilo mais cartoon me deixou decepcionada. O que eu mais estava esperando era o aprimoramento dos gráficos cada vez mais realistas, e os Sims parecidos com desenhado animado fogem totalmente dessa proposta. Questão de costume, já estou começando a achar bonitinho. “Crie e controle a mente, o corpo e o coração de novos Sims”, é o foco do The Sims 4, explorando os sentimentos dos Sims, que agora reagem e interagem emocionalmente com estímulos externos, criando estados emocionais que influenciam diretamente nas ações e nos rumos do jogo.

Na mesma tendência geral da tecnologia, o The Sims 4 também ganha maneiras intuitivas de criação nas ferramentas Criar um Sim e Modo Construção. As características faciais e físicas agora podem ser definidas mais precisamente com um simples arrastar do mouse, assim como a personalidade, a voz e até o jeito de andar, tornando cada Sim único. O Modo Construção se tornou mais interativo e prático. Cômodos inteiros podem mudar de lugar junto com a mobília, permitindo construir mais rápido casas personalizadas que seus Sims ficarão felizes em chamar de lar.

TS4.010.CAS5_ TS4.010.CAS6_

TS4.010.BUILD_.TOOLS4_ (1)

Gosto muito do The Sims 3, e é uma ótima ideia da EA Games popularizar o jogo, principalmente quando isso significa um programa mais leve pro PC. Só não tenho todas as expansões da versão anterior porque são muito pesadas. Ainda não me empolguei muito com o The Sims 4, nada de muito inovador me impressionou , talvez estejam guardando as melhores surpresas para os pacotes de expansão (como sempre fazem, blá blá blá). De qualquer maneira, quero logo experimentar o jogo. Essa interferência emocional dos Sims no Modo Simulação parece bem interessante, e as ferramentas do Modo Construção vão facilitar meu lado engenheira civil e design de interiores. hahah O que acharam?

TS4.010.BUILD_.STREET3Acompanhe no site oficial mais novidades sobre o The Sims 4!

Fashion: Jennifer Lawrence – US VOGUE Setembro 2013

 Girl on fire | photographed by Mario Testino

“Em Hollywood, sou obesa. Sou considerada uma atriz gorda. Como igual um homem das cavernas. Vou ser a única atriz que não terá rumores sobre anorexia! Nunca vou passar fome para conseguir um papel. Sou invencível. Não quero garotinhas pensando “Ah, eu quero parecer a Katniss, então vou pular o jantar!” – Jennifer Lawrence.

 No auge dos seus 23 anos recém completados, já é ganhadora do Oscar de Melhor Atriz com o filme “O Lado Bom da Vida” e estrela da trilogia “Jogos Vorazes”A atriz, que se considera fora dos padrões Hollywoodianos, vive fazendo declarações polêmicas e espontâneas na mídia.

Demorou, mas finalmente Jennifer Lawrence é capa da VOGUE desse mês de setembro. Nessa edição, a revista dedicou mais de 900 páginas à moda outono-inverno.  Nas lentes do renomado fotógrafo de moda Mario Testino, o ensaio – de muito bom gosto – contou com uma cartela de cores escura que remete a transição das estações e a participação especial de cachorrinhos.

Na capa, o destaque foi o make simples – delineador e sombra marrom – bem típico da Jenn. Clássico. É a palavra que se encaixa tanto para descrever seu estilo quanto esse ensaio incrível.

cover-story-jennifer-lawrence-01_164604967405

cover-story-jennifer-lawrence-05_164607834278

Durante o backstage das fotos, Jennifer fala um pouco sobre “Catching Fire”segundo filme da trilogia – e como é interpretar Katniss Everdeen. Revela que tem muito em comum com a personagem que interpreta e é fã dos livros de Suzanne Collins. Assista!

Fashion: Anitta – VOGUE Brasil Agosto 2013

Pre-pa-ra! | foto: Manuel Nogueira

Mantendo o estilo sexy glam, Anitta estampa as páginas da edição de agosto da VOGUE. Com apenas 20 anos e músicas onipresentes em todo o país, além de pousar com maiô recortado, casaco de pelúcia branca e cap, a cantora quebra um paradigma e eleva o ritmo marginalizado do funk a uma perspectiva sofisticada das páginas da revista mais influente do mundo da moda.

Anitta usa casaco Patrícia Viera, maiô Amir Slama e cap Ellus, com styling de Yasmine Sterea

Anitta usa casaco Patrícia Viera, maiô Amir Slama e cap Ellus, com styling de Yasmine Sterea

Em entrevista para Vogue Brasil, Anitta ou Larissa de Macedo Machado revela sua inspiração fashion dentro e fora dos palcos: “Eu adoro a Rihanna. Acho tudo o que ela usa muito diferente, muito novo e percebo que suas roupas tem muita atitude, algo com o que me identifico.” 

A aprendiz de fashionista ainda diz ter consciência de que depois do sucesso, influencia jovens e o que veste acaba caindo no gosto popular. E, apesar de pertencer ao mundo do funk, intitula seu estilo como bem eclético. “[…]Gosto tanto de usar produções mais roqueirinhas como um vestidão até o pé, uma saia ampla ou looks mais chiques, dependendo da ocasião. Gosto de tudo!”, mas confirma que seu must have são os tops larguinhos e os shorts detonados.

“No início tudo era mais difícil, tinha que me virar nos 30 pra conseguir uma roupinha melhor. Hoje todo mundo quer me vestir”, contou sobre a diferença da moda na sua vida antes e depois da fama. “Olha que linda essa sandália que me emprestaram, acho que é de uma tal de Givenchy“. Um tal de Givenchy. hahahah Fiquei de cara – quando toca, PRE-pa-ra!

Fashion: Moda e Política #1

Se você ainda acha que moda e política não tem nada a ver, você está por fora. OUT! Moda na política vai além das t-shirts, bottons, bonés e canecasApresentada pela Scott Paper Company em 1966, e inspirada pela Op. Art (arte óptica), os vestidos de papel rapidamente viraram um fashion trend da época. Líderes políticos continuam inspirando estilitas e, mais atualmente, eles mesmos criam iniciativas fashion para promover suas campanhas eleitorais.

Untitled-2

(Photo by Robert Pavuchak, Pittsburgh Press)

1. Richard Nixon

Em 1968, a campanha presidencial de Richard Nixon nos EUA contou com a ajuda da moda e entrou para a história. O modelo feito de papel com estrelas azuis e “NIXON” escrito com letras vermelhas garrafais em um fundo branco foi vestido pelas trabalhadoras de campanha. Na foto, as jovem meninas Nixon o aguardam na Civic Arena para cumprimentá-lo na sua chegada ao comício.

2. Mao Tsé-Tung

A polêmica figura do líder da China Comunista inspirou a estilista chinesa Vivienne Tam a criar um modelo tailleur com a estampa de Mao Tse-Tung em 1995. “China Chic” é o nome do livro no qual ela aborda as pessoas pelas ruas para descobrir como elas definem estilo.

E por que o enfoque no ditador? “Ele é um ícone tão sério,” diz Tam. “Todos tem tanto medo dele.” Vivienne ainda acrescenta “Onde mais poderia um homem dizer a mais de 1 bilhão de pessoas o que vestir? […] Desde o início de sua carreira política, Mao Tsé-Tung foi um czar da moda – mas, como sempre, por meio de contradições. Para Mao, era anti-fashion: ele tentou igualar as pessoas por aquilo que elas usavam.”

3. Dwight D. Eisenhower

Vestido com estampa em apoio ao presidente americano Dwight D. Eisenhower (apelidado Ike), um dos mais populares que os EUA já tiveram (1956). A cintura marcada delineando a forma do corpo e a elegância do volume na parte de baixo – saias godê – já marcava a tendência da época

 (Photograph by Irving Solero, © The Museum at the Fashion Institute of Technology, New York.)

4. Barack Obama

Thakoon, Jason Wu, Marc Jacobs and Alexander Wang

Após o sucesso da Runway to Change (2008), em sua campanha de reeleição, em 2012, Barack Obama apostou novamente no mundo da moda. Para atingir novos e jovens eleitores que gostariam de demostrar suporte à sua candidatura de uma maneira fácil e fashion, a grife Runway to Win contou com um grupo seleto de mais de 23 estilistas voluntários, entre eles: Thakoon, Jason Wu, Marc Jacobs e Alexander Wang.

A exclusiva e limitada coleção incluía desde esmaltes até bolsas e camisas. Todo o dinheiro arrecadado foi doado ao Obama Victory Fund, estima-se algo em torno dos $40 milhões.

Vestido Obama de Jean-Charles de Castelbajac apresentado em seu desfile (coleção verão 2009). “I have a dream today”

A popularidade do presidente norte-americano dispensa dúvidas, e ser tão pop garante o apoio da maioria dos artistas mais famosos do mundo. A Moda Obama foi um BOOM no mundo fashion e movimentou milhões de dólares, incentivando estilistas de todo o mundo a basear suas criações com referências à bandeira e as cores dos EUA, nas citações e no próprio personagem carismático de Obama.

Beyoncé e Katy Perry estão entre os artistas que mais demonstravam sua escolha política para o público.

Beyoncé e Katy Perry estão entre os artistas mais entusiastas que demonstravam sua escolha política para o público.

Na continuação da Série Moda e Política #2, vou dar enfoque exclusivo para a influência dos movimentos políticos brasileiros na moda nacional.

De que são feitos os sonhos

dream2Assim como não haveria dias nem noites, e o amanhã seria um hoje sem início, meio ou fim, sem sonhar, a vida como conhecemos não seria a mesma. 

Sonhar no sentido mais literal – se isso é possível – de ter sonhos. Desvanecer fria e lentamente na direção do escuro e do desconhecido, devaneando livremente e sem pudores. A casa é real mente sua, pode ficar à vontade. Diminua a temperatura corporal, pisque cada vez mais devagar. Deixar-se vencer, declare empate ou implore a derrota.

“Os sonhos sempre vêm,” dizem por aí “mesmo que pela manhã você não se lembre”. Coisa esquisita essa sonhar, quase inútil. Quem, se não eu, pode decidir o que esquecer?

Há quem sonhe ainda de olhos abertos, diria semi-abertos. E mesmo esses esquecem seus pensamentos e ideias brilhantes pela manhã. A noite, quem sabe, foi feita para sonhar e o dia para esquecer os sonhos e abrir os olhos não apenas com o intuito de despertar, mas também perceber a beleza de se estar acordado.

Cinema: Novo trailer de Catching Fire

ATENÇÃO:  Esse post pode – e deve – conter alguns spoilers.

Um minuto de silêncio em homenagem ao brilhantismo do diretor Francis Lawrence. Em apenas 2min25 de trailer, Lawrence já faz da sequência The Hunger Games: Catching Fire um sucesso – e muito melhor que o primeiro filme da trilogia. Desde a cartela de cores, os detalhes luxuosos da Capital e o figurino, até a atuação de Jennifer Lawrence (Katniss Everdeen) – ganhadora do Oscar e merecedora de outro. O diretor se apega aos detalhes do livro e prende a atenção do público fazendo do filme um dos mais esperados do ano, com estreia para Novembro de 2013.

Baseada no novo trailer apresentado ontem, 20 de julho no Comic Con 2013, vim destacar alguns acontecimentos importantes do filme Catching Fire (Em Chamas) que merecem destaque.

1. Tour da Vitória: Toda revolução começa com uma faísca

Após serem vencedores da 74º edição dos Jogos Vorazes, Katniss e Peeta fazem o tradicional Tour da Vitória pelos 12 Distritos de Panem, mas algo parece diferente. A afronta da senhorita Everdeen ao poder hegemônico do Presidente Snow na arena desperta o sentimento de esperança em toda a população. Katniss se torna, involuntariamente, o símbolo de alguma chance que os moradores de Panem tem de lutar contra os abusos da Capital sob os Distritos. Enquanto o caos se espalha pelo país, Snow emputece. Não consigo pensar numa palavra melhor. hahah

2. Mantendo as aparências

Na tentativa de controlar esse caos, Presidente Snow persuade – de um jeitinho que só ele sabe muahaha – Katniss a fingir uma romance adolescente com Peeta e atribuir à paixão a loucura de desafiar a Capital e, assim, acalmar os ânimos da população e abafar a revolta. Mas tadinho do Peeta, – awn ♥ – assim como no livro, no trailer também fica claro a angústia do jovem durante o teatrinho. Afinal, Peeta Mellark – o perneta – é verdadeiramente in love por Katniss, e fica xatiado pela recíproca na frente das câmeras e na indiferença nos bastidores.

3. Katniss e Gale 

Em Chamas é o livro em que relação entre Katniss e seu melhor amigo Gale fica mais evidente. Até então, para mim, era uma incógnita, mas não da para negar que é meio implícito o que eles sentem um pelo outro desde o início; apesar da relação quase familiar entre eles. Depois da desesperada tentativa de Katniss de convencer Gale a fugir, acontece o tão esperado – não por mim, Everlark para sempre – beijo. Snow fica de cara – quando toca – com o bapho, e o barra de emputecimento atinge nível master. G U E R R A.

4. 75th Hunger Games

Nesse especial dos Jogos Vorazes – Quarter Quell -, Presidente Snow faz a sacanagem de escolher os tributos dentre os vitoriosos das edições passadas. Isso quer dizer que Katniss tem presença confirmada de volta à arena e, ou Haymitch – mentor e bêbado – ou Peeta serão escolhidos. Meu coração parte quando no trailer Effie Trinket prende o choro na Colheira – Reaping. Ela sabe que se Haymitch for o sorteado, Peeta se voluntariará em seu lugar. É a volta dos amantes do Distrito 12 na arena.

5. Os tributos

Novos personagens! Vão acrescentar muito ao filme. Os carreiristas, vencedores das edições anteriores dos Jogos Vorazes; matadores profissionais e treinados durante toda a vida para a vitória. Dentre eles: Gloss (Distrito 1), Enobaria (Distrito 2), Finnick Odair – want a sugar cube, babe? – (Distrito 4), Johanna Mason (Distrito 7), Mags (Distrito 4) e Beetee (Distrito 3). Alguns serão imprescindíveis para o desenvolvimento da trilogia.

6. “Cinna has turned me into a mockingjay”

A minha cena preferida e mais esperada desde que li os livros. Cinna – estilista – é um ótimo personagem com quem Katniss sempre se identificou. Transformá-la em um Mockingjay no palco do programa de entrevistas do Caesar Flickerman, transmitindo o símbolo da rebelião para todos os cidadãos de Panem custou caro. Enquanto Katniss vive, a revolução vive. “I always channel my emotions into my work. That way, I don’t hurt anyone but myself.” – Cinna

7. Arena

Água. Minha cena preferida #2. “This is no place for a girl on fire” – Katniss.

ATENÇÃO SPOILER!! [Mesmo o trailer não revelando o assassinato de Cinna logo antes da entrada da Katniss na arena, perceber o estado emocional que ela fica na contagem regressiva para o início dos Jogos foi uma ótima maneira de deixar um clima de tensão no ar.]

8. “One last advice?” “Stay alive.”

Tentando stay alive depois desse trailer. Assista e que a sorte esteja sempre ao seu favor!