Foto Histórica: O beijo do marinheiro e da enfermeira

Você com certeza já viu essa foto. O click se tornou um ícone do fim da Segunda Guerra quando publicada na página 27 da revista “Life” de 27 de agosto de 1945.  Foi tirada no Dia da Vitória, um dos momentos mais importantes da história, em meio a comemoração depois do anúncio da rendição japonesa. Após décadas, o casal fotogênico foi identificado como George Mendonsa e Greta Zimmer Friedman.

Kiss_in_Times_Square_Alfred_Eisenstaedt

Foto de Alfred Eisenstaedt. Marinheiro beija enfermeira durante comemoração do fim de Segunda Guerra. Times Square, Nova York, 1945.

O cenário é Times Square, o dia era 14 de agosto de 1945, contexto de total comoção pela fim da Segunda Guerra. Ele, jovem Mendonsa de 22 anos, estava em um encontro – com outra mulher, atual esposa – no Radio City Music Hall quando a programação foi interrompida: “Os japoneses se renderam! A Guerra acabou!” Emocionado e chapado, não pensou duas vezes e largou a mão da acompanhante para sair correndo pela Times Square em comemoração, até ver uma mulher vestida de enfermeira no meio do caminho e agarrá-la.

“Eu estava muito feliz com o fim da Guerra, tinha tomado uns drinques, então quando a vi, agarrei e dei um beijo. Foi aquele momento, sabe? Tinha acabado de voltar do Pacífico e a Guerra havia terminado. Sobre a foto, não sabia que era eu. Um amigo meu, vários anos após esse momento, levou uma revista com a fotografia na minha casa e disse que era eu. Achei que ele estava louco, mas vi que era mesmo”

Enquanto George estava muito bêbado para se lembrar, Greta – enfermeira odontológica na época – recorda “Não vi que ele estava chegando e, antes que eu tivesse percebido, já tinha sido agarrada. Depois, quando vi a fotografia, não tive dúvida, sabia que era eu. Você não se esquece de um cara que te agarra dessa forma, não é? Ainda mais em um dia como aquele. Ele era muito forte. Mas eu não estava beijando ele, ele que me beijou”

O momento também foi registrado pelo remonado fotógrafo da marinha Victor Jorgensen

O momento também foi registrado pelo remonado fotógrafo da Marinha Victor Jorgensen

A atual esposa e então namorada pode ser vista na primeira foto sorrindo atrás do ombro direito de George, Eu estava feliz naquele dia; sorria como uma idiota. O beijo não me incomodou. Talvez se eu fosse noiva, talvez” lembra Rita, casada com Mendonsa há 67 anos, mas também  admite Durante todos esses anos, George nunca me beijou daquele jeito. Vacilo George, vacilo…

O reencontro do casal que virou queridinho da nação americana não poderia ter sido em outro lugar. Ao voltar no mesmo ponto onde deram o beijo, agora ambos com quase 90 anos, relembraram o momento de euforia e paixão. Ela era linda. Acho que me apaixonei no momento em que a viAWWN! ♥

O livro “The Kissing Sailor” detalha a longa busca pela misteriosa identidade do casal, explora a vida de ambos e conta como o Marinheiro Mendonsa sobreviveu às batalhas a bordo do destróier USS The Sullivans. Durante as jornadas pelos mares, muitos se apaixonavam pelas enfermeiras que cuidavam dos marinheiros feridos, e era comum ver beijos apaixonados durante a comemoração. A foto, além de marcar um momento épico na história, também simboliza um amor inocente fruto da guerra. Quantas histórias de amor começaram assim?